Eventos

Aluna: Taila de França Santos 

 

Título: “Controle de Congestionamento do Protocolo TCP em Predição de Perda de Pacote.

Orientador: Prof. Dr. Ricardo Ataíde de Lima

Data-hora: 27/05/2019 (10:00h)

Local: Escola Politécnica de Pernambuco - Sala I-4 

Resumo: “O controle de congestionamento tem sido foco de muitas pesquisas há décadas e diversas versões do protocolo TCP fizeram abordagem desta problemática em suas implementações. O objetivo principal desta dissertação é implementar o mecanismo de aceleração da taxa de transmissão dos pacotes, no protocolo TCP Poli [1], em redes com riscos de congestionamento. Para tanto, o comportamento da rede foi analisado na ferramenta de simulação NS2, onde foi criado em cenário de rede em que diversas versões do protocolo TCP compartilham do mesmo canal em diferentes áreas de abrangência (LAN, MAN e WAN). Os resultados obtidos mostraram que é possível melhorar o desempenho da rede em relação às versões atuais do protocolo TCP com apenas algumas das alterações na base dos algoritmos das versões existentes. Principalmente em relação a parâmetros como: latência, vazão e perda de pacotes.

 

 Aluno: Clodomir Joaquim de Santana Junior

 

Título: “Bio-Inspired Multi-Objective Algorithms Applied in the Optimization of the AODV Routing Protocol.”

Orientador: Prof. Dr. Carmelo José Albanez Bastos Filho

Coorientador: Prof. Dr. Sérgio Campello Oliveira

Data-hora: 03/05/2019 (16:00h)

Local: Escola Politécnica de Pernambuco - Sala I-4 

Resumo: “O crescente número de dispositivos móveis conectados aumenta a demanda por tecnologias mais robustas desenvolvidas para redes compostas por esse tipo de dispositivos. As redes ad hoc móveis (do ingles Mobile Ad Hoc Networks - MANETs) são um exemplo desse tipo de rede. MANETs são redes que possuem controle descentralizado e não dependem de uma infraestrutura fixa. Nessa rede, os nós têm autonomia para se movimentar e por conta dessa mobilidade, os protocolos de roteamento precisam desenvolver mecanismos que permitam o fluxo de pacotes em uma rede cuja topologia está mudando continuamente. Logo, a mobilidade dos nós representa um grande desafio para os protocolos de roteamento desenvolvidos para esse tipo de rede. Um dos principais protocolos de roteamento para MANETs é o Ad Hoc On-Demand Distance Vector (AODV). Entre as principais características do AODV, destacamos a existência de dois mecanismos de reparo de rota diferentes que são empregados dependendo das condições em que o link foi quebrado. A escolha do mecanismo de reparo de rota do AODV depende da relação entre o número de saltos entre o nó de origem e o nó predecessor ao ponto de quebra e o número de saltos entre o nó predecessor e o nó de destino. Neste trabalho, o mecanismo de reparo de rota do AODV foi modificado para fazer com que ele também dependa do número de vizinhos (conectividade) do nó de origem e o nó predecessor. Além disso, quatro parâmetros (A, B, C e D) foram adicionados para representar os pesos da conectividade e dos outros elementos envolvidos no mecanismo de determinação do tipo de reparo de rota. Para definir um conjunto satisfatório de valores para esses parâmetros, empregamos os algoritmos multiobjetivos bioinspirados SMPSO, SPEA2 e NSGA-II. Selecionamos as seguintes métricas para avaliar a qualidade das soluções encontradas pelos algoritmos: atraso médio da rota (Delay), taxa de perda de pacotes (PLR), consumo de energia (EC) e carga de rota normalizada (NRL). Estas duas últimas métricas foram usadas como função objetivo pelos algoritmos selecionados. A principal vantagem dessa abordagem é ser capaz de adaptar o desempenho do AODV para satisfazer necessidades de aplicações específicas, alterando as métricas usadas como o objetivo das metaheurísticas. Os resultados obtidos mostram que a solução proposta foi capaz de obter resultados superiores ao AODV padrão em todas as quatro metricas estudadas. No que diz respeito à diferença entre as metaheurísticas multiobjetivas, os resultados obtidos pelo NSGA-II, SPEA2 e SMPSO foram semelhantes entre si, portanto superiores ao AODV padrão. Além disso, comparando a solução proposta à outros protocolos de roteamento, como o Multipath Distance Vector routing (AOMDV) e o Optimized Link State Routing protocol (OLSR), foi possível observar resultados superiores em relação ao consumo de energia e competitivos nas demais métricas. Os resultados da otimização multiobjetivo também foram comparados com os obtidos pelos algoritmos mono-objetivo Particle Swarm Optimization (PSO) e Artificial Bee Colony (ABC).

 

Aluna: Angélica Xavier da Silva

 

Título: “Protótipo De Aplicativo Em Android No Auxílio Ao Diagnóstico De Enfermagem Na Unidade De Terapia Intensiva.”

Orientador: Prof. Dr. Sérgio Campello Oliveira

Data-hora: 15/04/2019 (17:00h)

Local: Escola Politécnica de Pernambuco - Sala I-4 

Resumo: “O uso da Tecnologia da Informação é relativamente reduzido na área de saúde, e a inserção dela como ferramenta é de grande valia no apoio a decisão e pode alterar a maneira como é realizado o processo gerencial/cuidados do profissional enfermeiro. No escopo da profissão da enfermagem, a Sistematização da Assistência é o formato da organização do trabalho profissional da Enfermagem, e o Processo de Enfermagem é o instrumento metodológico desse trabalho, e este se divide em cinco etapas inter-relacionadas sendo uma delas o Diagnóstico de Enfermagem, sendo uma das metodologias utilizadas para a sua elaboração a consulta manual à Taxonomia da NANDA. O objetivo desse trabalho é desenvolver um Sistema de Apoio à Decisão para auxílio na tomada de decisão sobre os Diagnósticos de Enfermagem (SADE) para os pacientes internados em Unidades de Terapia Intensiva, utilizando os sinais vitais advindos dos monitores multiparamétricos aos quais eles estão conectados. O App foi desenvolvido no sistema operacional Windows 10 Home SIngle Language com o uso das seguintes ferramentas principais: IDE (Integrated Development Environment) Android Studio, a linguagem de programação Java para a plataforma Android, a linguagem PHP (Hypertext Preprocessor) e o servidor Web Apache HTTP Server. Os dados foram gerenciados, pelo Sistema Gerenciador de Banco de Dados Maria DB provido pelo pacote de ferramentas de servidor XAMPP. Na validação do sistema realizou-se uma avaliação qualitativa e outra quantitativa, com uso da escala de Likert. Os resultados do trabalho foram a predição dos Diagnósticos de Enfermagem confrontando os dados advindos dos profissionais com os que estavam no sistema, que foram coerentes, a possibilidade de sensíveis modificações na prática assistencial de enfermagem, e que as informações são gerenciadas e armazenadas corretamente. É possível concluir a viabilidade do App, contribuindo para otimização do tempo na elaboração do Diagnóstico de Enfermagem e também a sua utilização no processo de ensino/aprendizagem dessa etapa do Processo de Enfermagem.

Pagina 4 de 10

Go to top Menu